Apple se aproxima da Intel e pode lançar iPhone dual chip


Com problemas judiciais com a Qualcomm, a Apple estuda uma mudança no fornecimento de chips para seus aparelhos. Com isso, uma aproximação com a Intel é cogitada para a nova linha de iPhones, que já poderá vir equipada com a tecnologia dual chips, ou seja, não é uma realidade distantes vermos um iPhone funcionando com duas operadores diferentes em um mesmo aparelho.

A falta deste recurso já gerou reclamações de usuários, principalmente aqueles posicionados em regiões com instabilidade do sinal 3G, algo que poderia ser contornado com a alternância entre as operadoras. Essa aproximação, no entanto, ainda é um rumor, sendo que a intenção da Apple de apostar no 5G pode atrapalhar a parceria com a Intel.

iPhone dual chip

A Qualcomm é a atual fornecedora de chips para a Apple. A empresa, no entanto, abriu uma série de reclamações e ações judiciais por problemas com o pagamento de royalties e quebra de patentes. A Apple, insatisfeita com essa situação, cogita um estreitamento da relação com a Intel, que fornece chips para muitas fabricantes.

Uma das principais características da Intel é a utilização da tecnologia dual chip. Com essa união, a tendência é que as novas gerações de iPhone já tenham opções de dois chips no mesmo aparelho.

iphone dual chip


Um dos pontos que impedem este acerto é o distanciamento da Intel com a tecnologia 5G. A intenção da Apple é começar os primeiros testes em aparelhos em 2019, algo que a Qualcomm provavelmente conseguiria atender. Segundo especialistas, a Intel ainda não teria condições de suprir a demanda para uma aplicação 5G.

Quem aponta essas possibilidades é Ming-Chi Kuo, analisa de mercado da KGI Securities, considerado um dos maiores especialistas em Apple do mundo. Anteriormente, o analista já havia revelado muitas outras informações de aparelhos que estavam ainda em fase de planejamento.

iPhones populares?

Alguns números preocupantes das vendas do iPhone X ligaram o sinal de alerta na Apple, que deve investir em camadas mais baixas da sociedade nos seus próximos lançamentos. Obviamente, por padrão, a empresa não abrirá concorrência com aparelhos de abertura do mercado, sendo ainda uma opção para quem tem maior poder de investimento.

Ming-Chi Kuo aposta numa abertura de três categorias de mercado, sendo uma inicial, com tela menor, sendo o substituto do iPhone SE no mercado mundial. Seria uma opção de aparelho mais barata, porém ainda sim com bom poder de processamento e ótimo acabamento.

Essa linha mais popular viria para abrir um mercado que ainda é pouco explorado pela empresa. Com essas novidades, o iPhone dual chip e a versão mais popular do aparelho podem representar uma grande mudança na política da empresa para as novas gerações.


Mais celulares legais:

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

Nome *
Email *
Site