Smartphones dobráveis: funcionalidade ou exagero tecnológico?


Atualmente, existe celulares com câmera dupla, tela infinita e até mesmo capaz de servir como um verdadeiro computador. É cada vez mais comum ver dispositivos móveis ficando ainda mais surpreendentes e robustos. A novidade da vez são os smartphones dobráveis.

Já existe smartphone dobrável?

Algumas marcas como Motorola, Samsung e até a Huawei já apresentaram algumas patentes que provavelmente vão aderir às telas dobráveis. No caso da Samsung, por exemplo, há rumores de que o aparelho seja lançado em 2019, denominado como Galaxy X. As informações são do jornal sul-coreano The Bell.

A Motorola também segue na corrida para desenvolver um smartphone dobrável desde 2016, mas só este ano conseguiu registrar a patente que, de acordo com alguns rumores, pretende trazer de volta o famoso modelo V3.

Já a Huawei, conhecida pelos seus aparelhos irreverentes e robustos no quesito hardware, pretende dar um passo ainda mais largo e lançar um smartphone com tela dobrável em novembro deste ano.

smartphones dobraveis

Para que serve um celular dobrável?

A ideia de ter um aparelho dobrável está ficando cada vez mais fresca na mente dos amantes da tecnologia. No entanto, muita gente ainda tem dúvida em relação à utilidade – e se ela existe mesmo – desses smartphones que prometem chegar ao mercado até o ano que vem.


Até o momento é possível apenas imaginar algumas das vantagens que possuir um aparelho que dobra no meio pode proporcionar para o usuário. Uma delas seria a facilidade para portar e guardar dispositivos maiores. Também existem desenhos de alguns protótipos que estão sendo desenvolvidos para serem usados como aparelho de pulso.

Por enquanto são essas as únicas funcionalidades que um aparelho dobrável poderia proporcionar para o usuário. No entanto, quando o assunto é inovação tecnológica, as empresas costumam surpreender com seus produtos. O que nos resta é aguardar e ficar de olho nos próximos passos até o primeiro lançamento de um smartphone dobrável.

5 smartphones que deram errado

Enquanto aguardamos o lançamento do primeiro celular capaz de dobrar a tela no meio, que tal ver 5 modelos que prometiam ser um sucesso e no final acabaram sendo um total fracasso?

  1. LG G5

O primeiro fracasso da nossa lista é o smartphone LG G5. O que prometia ser um celular modular com acessórios capazes de aumentar a funcionalidade do aparelho, acabou saindo como uma tremenda gafe. O público odiou, possuía pouquíssimos acessórios e, posteriormente, a Motorola lançou o Moto Z, fechando a porta da lápide do LG G5.

  1. Nókia Lúmia 950

O Lúmia 950 foi um modelo da Microsoft que chegava para cravar o reposicionamento de mercado da marca. No entanto, os resultados não foram tão surpreendentes assim. Depois do lançamento do aparelho, não se ouviu mais ruídos da gigante americana.

  1. Projeto Ara

Pouca gente ouviu falar, mas este modelo de smartphone prometia, assim como o LG G5 e o Moto Z, trazer um novo sentido para os gadgets. O projeto foi comprado pelo Google e vendido para a Motorola. Desde então, nunca mais se ouviu falar no Projeto Ara.

  1. Galaxy Note 7

Talvez este seja um dos modelos mais bombásticos da Samsung, rs. Brincadeiras à parte, o único defeito que fez esse aparelho implodir no mercado (tá bom, parei), foi o fato de que as baterias estavam explodindo, e isso obrigou a Samsung recolher todos os modelos do mercado.


Mais celulares legais:

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

Nome *
Email *
Site