Quais foram as jogadoras que mais se destacaram nesta Copa do Mundo

Diversas atletas tiveram grandes desempenhos na competição da FIFA em 2023, rendendo bem nas apostas esportivas


Fonte: skysports

No dia 20 de agosto foi encerrada a Copa do Mundo Feminina 2023, realizada na Austrália e na Nova Zelândia. O título ficou com a Espanha, que derrotou a Inglaterra por 1 a 0, no Estádio Olímpico de Sydney. 

Além das espanholas terem sido o grande destaque dentro das quatro linhas, nomes individuais também fizeram bonito. Não é à toa que sites como o Esportes da Sorte receberam muitas apostas na competição da FIFA. Algumas destas jogadoras, você confere aqui abaixo.

jogadoras copa

Hinata Miyazawa (Japão)

A meio-campista Hinata Miyazawa, de 23 anos, foi uma das principais jogadoras responsáveis pelos bons resultados conquistados pelo Japão. Ela terminou a competição como artilheira máxima, com cinco gols marcados. 

As japonesas, campeãs em 2011, apareceram, como uma das seleções favoritas ao título nas casas de apostas. Só que elas perderam de 2 a 1 para a Suécia nas quartas de final. 

Linda Caicedo (Colômbia)

A jovem de 18 anos, que pertence ao Real Madrid, da Espanha, foi um dos grandes destaques em campo. Ela ajudou a Colômbia a fazer história dentro da Copa do Mundo Feminina, chegando até às quartas de final. Até então, esta seleção sul-americana nunca havia passado das oitavas de final. Este fato repercutiu muito nas casas de apostas esportivas

Linda Caicedo conta com uma grande história de superação. Aos 15 anos de idade, ela precisou pausar a sua carreira para cuidar de um câncer. Com dois feitos na Oceania, agora em 2023, ela se tornou a segunda jogadora mais jovem da América do Sul a balançar as redes rivais em mais de um jogo da Copa. Ela só perde para a brasileira Marta. 

Vale a pena ficar ligada na colombiana para dar os próximos palpites nas apostas esportivas. A tendência é ela subir ainda mais de produção.

Lauren James (Inglaterra)

A atacante inglesa de 21 anos experimentou o sabor de ser heroína e vilã na mesma edição do Mundial da FIFA. Isso porque ela chegou a fazer gols importantes, que ajudaram na passagem de fase. No entanto, no jogo com a Nigéria, pelas quartas de final, ela deu um pisão na jogadora adversária e foi expulsa. Como punição, ficou dois jogos suspensa, só retornando apenas na final contra a Espanha.

Lauren James é considerada uma das principais jogadoras do futebol feminino inglês. Atualmente, joga pelo Chelsea, da Premier League. Antes, passou por Arsenal e Manchester United. Não se trata de mais uma das apostas, é uma jogadora que é uma realidade.

Salma Paruello (Espanha)

Campeã mundial com apenas 19 anos, Paruello tem uma história curiosa. Antes de virar atacante, ela era atleta profissional de atletismo. Agora, nesta Copa, esta jogadora foi utilizada muitas vezes como um trunfo do técnico Jorge Vilda, entrando no segundo tempo. 

Salma Paruello também é vencedora a nível de clubes. Ela é jogadora do Barcelona. Na temporada passada faturou o título da Liga dos Campeões. O time catalão se trata de uma das potências atuais do futebol feminino, sendo sempre uma boa opção para as apostas.

Amanda Ilestedt (Suécia)

Amanda Ilestedt tem três gols feitos na edição de 2023 do Mundial. O curioso é que ela não é meio-campista, nem atacante. A sueca joga como zagueira de uma das seleções mais tradicionais do futebol feminino. Ela tem 30 anos e defende o Paris Saint-Germain (PSG), do futebol francês.

Atualmente, Ilestedt é considerada uma das principais defensoras do futebol feminino. Além de defender bem, ela também sabe atacar, como foi dito no parágrafo acima. Nos jogos da Suécia, vale a pena dar palpites nas apostas esportivas que indiquem que a jogadora irá botar a bola no fundo da rede rival.

Chiamaka Nnadozie (Nigéria)

Apesar de ter sido eliminada nas quartas de final para a Inglaterra, a Nigéria teve um grande destaque na competição. Trata-se da goleira Chiamaka Nnadozie, de 22 anos. A jovem jogadora fez diversas defesas importantes ao longo da Copa do Mundo, principalmente no empate de 0 a 0 com o Canadá e na vitória, de virada, por 3 a 2, sobre a Austrália. Estes dois jogos foram válidos pela primeira fase. 

Certamente, grandes clubes farão apostas nesta goleira. Hoje, Nnadozie defende o Paris FC – pequeno clube da capital francesa. 

Próxima grande disputa

Agora, a próxima competição de grande relevância no futebol feminino será os Jogos Olímpicos de Paris, ano que vem, na França. Certamente não faltarão grandes equipes e jogadoras na busca pela tão sonhada medalha de ouro. Elas são boas opções para as apostas esportivas.



Receba nossas novidades antes de todo mundo:

Gostou do artigo? Mande para os amigos:
Avatar de Junior Silveira

Aficcionado por Tecnologia,paixão por games, desde a época do pentium133. Macmaniaco e entusiasta do android. Junior escreve aqui no celular sobre sua paixão e ajuda os leitores com seus tutoriais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos selecionados para você: