Chatbots: o futuro do marketing — mas por quê?

Compartilhe


Interação rápida e eficaz  entre marcas e consumidores será decisiva nos próximos anos

 

Se você tem uma empresa e está pensando em torná-la mais tecnológica, provavelmente já ouviu uma frase: bots são o futuro. Na verdade, se você está se perguntando hoje se sua empresa deve ou não criar um bot, você já está atrasado em relação aos seus principais concorrentes. O comércio movido a chatbot é uma realidade e adentrá-la é o melhor que você pode fazer neste momento. 

chatbots

Atualmente, muitas empresas, como a https://crisp.chat/pt/chatbot/, oferecem serviços relacionados ao mundo dos robôs. São funcionalidades que vão ajudar de maneira significativa a consolidação da sua marca nas redes sociais, por exemplo, com um atendimento rápido, satisfatório e sem pausas. Os bots vieram para revolucionar a relação com os clientes, seja no marketing, no ato da venda ou mesmo para sanar uma simples dúvida relacionada a um produto. 

 

Profissionais de marketing estão cada vez mais propensos a utilizar os chatbots para inovar na comunicação empresarial e obter novos resultados. Após alguns anos de medo e temor sobre como os bots poderiam significar uma ameaça aos profissionais da comunicação, muitas empresas descobriram formas de integrar o conhecimento humano e as variáveis proporcionadas pelo atendimento informatizado. 

 

Por isso, é importante deixar um recado fundamental. Caro profissional de marketing, líder de negócios, empreendedor – as mensagens serão o próximo grande canal de marketing. Diante desse cenário, qual será a sua escolha: inovar e buscar soluções criativas ou abusar das possibilidades já experimentadas e que tem prazo de validade? Acho que a primeira opção tende a ser mais eficaz para o seu negócio. 

 

Os bots mais avançados são movidos por inteligência artificial, ajudando a entender solicitações complexas, personalizar respostas e melhorar as interações ao longo do tempo. Essa tecnologia ainda é incipiente, então a maioria dos bots segue um conjunto de regras programadas por um ser humano por meio de uma plataforma de criação de bots, eventualmente criadas a partir de códigos. 

 

Os bots resolvem problemas repetitivos e que os seres humanos têm alguma dificuldade, sobretudo no que diz respeito à repetição de tarefas. Conforme as pessoas pesquisam sobre um produto ou empresa, elas desejam as informações de que precisam o mais rápido possível e estão cada vez mais recorrendo à pesquisa por voz à medida que a tecnologia avança. 

 

As caixas de entrada de e-mail estão cada vez mais desordenadas, então os compradores mudaram para as mídias sociais para seguir as marcas que realmente interessam. Em última análise, eles agora têm o controle – a capacidade de recusar, bloquear e deixar de seguir qualquer marca que não atenda suas expectativas. Uma equipe de marketing precisa estar atenta a essas mudanças e adequar a forma como a companhia se relaciona com o público.

 

Com a ajuda de aplicativos de mensagens, os bots ajudam os consumidores a encontrar soluções, não importa onde estejam ou que dispositivo usem – sem formulários, caixas de entrada desordenadas ou minutos perdidos em buscas por sites diversos. Comunicação, serviço e relacionamento se entrelaçam. E, ao contrário do marketing de autoatendimento do passado, os bots fornecem um serviço.

 

Os bots utilitários resolvem o problema do usuário, seja ele qual for, por meio de uma transação solicitada pelo usuário. O exemplo mais óbvio é um robô de compras, como aquele que ajuda você a pedir flores ou comprar uma roupa nova. De acordo com um estudo recente da HubSpot Research , 47% dos clientes estão abertos para comprar itens recomendados em um chatbot. Sua empresa tem feito esse tipo de recomendação?

 

Além disso, os bots utilitários não se limitam a fazer compras. Um bot pode reservar reuniões automaticamente escaneando seus e-mails ou notificá-lo sobre as assinaturas de pagamento que possam estar pendentes. Não há como minimizar o que os bots podem fazer. Para marcas e consumidores, temos a chance de ressignificar a comunicação dentro do empreendedorismo e do mundo dos negócios. 

 

Para o mundo do marketing, os chatbots são a possibilidade de construção de relacionamentos autênticos com seus compradores e compradoras. O alto nível de atuação faz com que as marcas criem novas formas de interação. E isso impacta nos lucros.

 


Compartilhe

Aficcionado por Tecnologia,paixão por games, desde a época do pentium133. Macmaniaco e entusiasta do android. Junior escreve aqui no celular sobre sua paixão e ajuda os leitores com seus tutoriais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *